Sentimento - Amor? - Cá Entre Nós

Sentimento - Amor?

Pois é, o título é esse mesmo sentimento. O que sentimos quando estamos com alguém que amamos, gostamos ou temos carinho por ela?



Há milhares de gostar, amar, olhar, formas de dar carinho e de tratar as pessoas.
Tem aqueles que amam incondicionalmente, há quem ame porém preserva seus princípios, há quem tem bondade transbordando do coração e pouco importa se algum dia alguém lembrará dela.
E tem o relacionamento entre duas pessoas estranhas que se conhecem, por algum bom tempo, e de repente se encontram apaixonadas.

A mão sua, as pernas tremem, o coração acelera, vontade de ver o tempo todo, conversar cada minuto do dia e assim vai pelo namoro. Alguns longos, outros mais curtos.

Aqueles que amadurecem juntos, se veem prontos para a parte das responsabilidades, com diversão, porém com planos para o futuro, tem que não planeja e toma suas ações pelo calor da emoção, que inebria todo seu corpo, fazendo dele sentimento puro.

Passado o noivado, também alguns longos e outros curtos, chega o casamento.
Responsabilidade total, casa, marido, emprego, vida social, descanso, diversão. Ufa, cansa? Não cansa não, aí vem a parte principal do post e da vida a dois.


Cumplicidade, companheirismo, empatia, desentendimentos, brigas e depois volta tudo ao normal. Ou não?
Na verdade, os sentimento de amor e felicidades, não existem para serem procurados e sim sentidos, por isso se chamam sentimentos.
A felicidade você sente fazendo aquilo que te faz bem, estar com quem se ama, esse você sente quando está disposto a fazer o que for preciso pelo bem estar do companheiro, desde um afago até onde for de nosso alcance, sempre usando o bom senso. Para que isso aconteça é preciso que haja duas pessoas no relacionamento.

É muito triste você se dedicar a uma pessoa, ela  saber disso e começar a usar isso pra fazer de você o que quiser e isso não é legal.
Amar alguém por muito e essa pessoa nem se quer olhar pra você com ternura nos olhos, deixa ir, porque ninguém merece ser tratado dessa forma.

Relacionamento que traz mais tristeza do alegrias, não pode ser um relacionamento saudável. Não tem motivos para uma das partes se sentir bem e a outra não, já que quando se uniram foi por um motivo tão lindo, tão alegre, por isso ninguém deve se contentar com o pouco que lhe é oferecido, todo mundo merece mais da vida.


Mas aí vem a parte difícil, separar tudo aquilo que um dia trouxe alegria, sorriso, prazer, cor, vida e que hoje virou apenas uma escuridão, onde nós, eu, você, ele ou ela, deve  levantar e acender a lanterna pra iluminar o caminho que leva novamente para as cores, alegrias e sentimentos lindos que a vida tem.
Aonde haviam duas pessoas agora só tem uma.
 
O sofrimento só existe se nós deixamos ele tomar conta do nosso coração e fazer da nossa vida essa escuridão. Aí vem os sentimentos de tristeza, solidão(mesmo estando cercado de pessoas que te amam) e depressão. Sentimentos esses, que se não forem reconhecidos e cuidados, podem levar a um fim trágico.


O que eu queria dizer é o relacionamento entre duas pessoas não é fácil, nunca foi, não é e nunca será, sabe por quê?
Não seria tão mais gostoso conhecer alguém já sabendo do fim da história, o que une as pessoas são as diferenças e os planos que cada uma tem de forma  individual e depois adaptados para dois.

A vida nada mais é do que feita de sonhos e a graça dela é correr atrás de cada um deles, com ou sem seus desafios diários.

Beijos...

Todas as imagens foram retiradas da internet

0 comentários :

Postar um comentário

Olá, obrigada por comentar no blog.
Seu comentário será muito bem vindo e vou adorar respondê-lo!!!
Volte sempre!!!